Search
Close this search box.

artigo

Artigo | Governança de Processos – Parte I

É certo afirmar que o grande desafio das organizações no que diz respeito à gestão de processos é promover e garantir a viabilidade e a manutenção no curto, médio e longo prazo das ações relacionadas a aumento de desempenho. Porém, ainda mais importante é a difícil tarefa de assegurar que essas ações estejam plenamente alinhadas aos objetivos do negócio. É a partir dessa necessidade que percebe-se a importância da existência de um Modelo de Governança de Processos dentro das organizações. A Governança, quando bem definida, bem gerida e plenamente alinhada à estratégia organizacional, atua como orientadora e facilitadora da Gestão de Processos, uma vez que define objetivos, papéis, responsabilidades e instrumentos. Com isso, os esforços relacionados à melhoria e a gestão dos processos são direcionados a um objetivo comum, evitando a usual duplicidade de esforços e favorecendo o alcance dos objetivos.